Thursday, June 29, 2006



©AnaPereira2006
Imagens da Série ‘UMA PARTE’

Tenho vergonha de mostrar o meu corpo na intimidade. Abrir o corpo, as pernas, o peito.
Mostrar o corpo a outra pessoa, na intimidade, significa mostrar o caminho da minha fragilidade.
Mostrar o meu corpo fotografado não tem o mesmo significado.
Um corpo fotografado é um outro corpo, uma outra pessoa, uma outra entidade.
Nunca fui sensível às imagens de corpos nus, parecem-me quase sempre um pretexto.
Já fotografei pessoas por pretexto, para as conhecer melhor, homens e mulheres.
Fotografar partes, partes pequenas de corpos, corpos que conheço, daqueles a quem conheço o cheiro.
Não procuro imagens abstractas, mas aquelas que vemos quando estamos deitados com alguém, as partes que vemos quando estamos suficientemente perto, suficientemente calmos para pensar noutra coisa qualquer.
Quando o Leonel me falou desta intervenção sobre igualdade pensei nesta série, que tanto me fála de semelhança como de diferença.
E que fála essencialmente de partilha.

Obrigada: Maria João, Magui, Mafalda, Lino, Geo, Inês, Pedro C, Gabi, Nelson, Pedro M, Salomé e Sónia


Iniciativa Espaço T
Estaçao Metro da Trindade
Inauguração dia 1 de Julho, 17h

5 Comments:

Blogger larasemsentido said...

adoro. acredita que vou lá ver...a exposiçao fica até qd?
um beijinho

4:31 AM  
Blogger maf* said...

era bom que conseguisses fazer uma exposição mais completa deste teu trabalho, num local mais íntimo talvez, ou não, não sei... só sei que gosto mesmo muito e que a intervenção na trindade funcionou muito bem! parabéns ianica e força que estás a ganhar lanço!

8:09 AM  
Blogger subtilezas said...

eu ainda não fui, mas vou. percebo isso de um lugar mais íntimo, mas agrada me a ideia de ser visitada por viajantes desconhecidos. também não tenho muitas palavras. beijinho*

6:11 AM  
Anonymous Anonymous said...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

11:35 AM  
Anonymous Anonymous said...

I like it! Good job. Go on.
»

3:33 PM  

Post a Comment

<< Home